quarta-feira, 4 de abril de 2012

Grande época porventura


Sim, penso que está a ser uma boa época, apesar de existirem 4 factores:
  1. Existir um sistema que engloba o fc porto, dirigentes da liga, dirigentes da federação, dirigentes da apaf, dirigentes de outros clubes, empresários, estações de tv, imprensa escrita, políticos e oficiais da justiça (Almeida Lopes, António Mortágua, Manuel Lopes Pinto António Sousa Lamas, etc.). Sistema que tem como missão abater o Sport Lisboa e Benfica.
  2. A direcção do Sport Lisboa e Benfica, no meu entender, ter dado alguns tiros de pólvora extremamente seca
  3. O treinador JJ, ter tido opções inacreditáveis em alguns jogos do campeonato e que nos custaram pontos. No entanto, quer em guimarães quer na Catedral frente ao fc porto, se fosse só por sua culpa, o Benfica não teria perdido tantos pontos.
  4. Os jogadores não se terem esforçado para ganhar o jogo. Aqui faço o tal parentesis para individualizar: Olhanense, sim porque contra o Chelsea, e com mais 90 minutos nas pernas, jogaram o quádruplo.
Comecemos pelo único jogo em que, segundo o sistema, fomos levados ao colo pela arbitragem: O Benfica guimarães dos 3 penalties.
 
O 1º penalti (0:51) pelos vistos não suscitou dúvidas.
O 2º (1:33), não deixa muitas dúvidas também. Aquele movimento do braço...
O 3º (2:28), bate na parte superior do braço, mas é do braço não é? Então é penalti ou não? Dizem alguns que não. Tudo bem, mas se este lance não é passivel de ser considerado como falta, e por conseguinte penalti, o que dizer do lance que deu origem ao golo do braga, aquando da nossa visita? O tal jogo onde não havia àgua quente somente no balbneário do Benfica e onde a luz foi cortada por 3 veses!
O Emerson, nem está a olhar e a bola bate onde bateu, acima do cotovelo. De intenções está o inferno cheio. Emerson encolhe o braço, não está sequer a olhar para o jogador do braga. O que não configura como plausível qualquer tipo de comparação. Não era lance para penalti.

Em Guimarães, na ressaca da ida à Russia, aconteceram os factores 1 e 3. Há um lance na área vimaranense onde um defesa entra na força bruta sobre Rodrigo. Querem imagens? Vão à sporcustv, porque elas por aqui são muito difíceis de encontrar. O golo do vitória resulta da marcação de um livre, que por sua vez resultou de uma falta que só convençeu o àrbitro (o abençoado nomeador do sistema AKA Xistrema).

Depois fomos a Coimbra.
Um
 Dois
Três
E last but not least, a cereja no topo do bolo (já com muita fruta):
Hugo, podes ir à cosmos porque o sistema já não se lembra disto.

Ufa! Depois veio o porto à Catedral, e já falei disto aqui.
Factores 1 e 3 em acção
Este, de entre outros, é o remate final:
O Duplo bloqueio: Bloqueio da vista do fiscal + bloqueio ao Keeper
Fora de jogo desde o momento em que o jogador do porto se prepara para marcar o livre.
Falta de dois jogadores adversários sobre o guarda redes...
Proença ainda anda com os dentes afinados.

É nesta altura em que o Factor 1 se começa a ouvir, mas muito baixinho que é para não assustar. Assustar quem? Mas os dirigentes do Benfica ainda usam fraldas? Não entendo!

Falta falar de olhão. Muitos factores, os 4 em acção. Certo que havia champions a meio da semana seguinte; mas quem joga num clube desta envergadura, não se pode guardar para isto. Foi uma vergonha a todos os níveis como já escrevi aqui. Só jogaram nos últimos 5 minutos...

Caso os árbitros fizessem o que lhes compete (fazer cumprir as regras e o espírito do jogo), poderia ser que o Benfica tivesse mais:
1 ponto de Guimarães
2 pontos de Coimbra
1 ponto da Luz (frente ao porto)
2 pontos de Olhão.

E a classificação, por esta altura poderia ser esta:
Como referi no início, há 4 factores relevantes que influenciam a prestação deste glorioso clube. Depois temos a contagem final para o apuramento para champions o que vai condicionar e muito as decisões a tomar pela santa aliança nortenha.

Não tenham dúvidas que a referida alinça sofreu um revés no passado sábado. O braga jogou com cautelas extremas, só atacou pelo seguro de modo a explorar os erros do benfica. A estratégia era guardar o empate até cerca de 10 minutos do final e aí tentar atacar forte. Não foi possível pois o Benfica teve arte e engenho para ganhar o jogo. A jogada do 2-1 não é chuveirinho, é sim uma sequência de passes efectuada com clareza e objevctividade.

Como é publicado no NGB, e com o qual concordo absolutamente, temos de estar atentos e vigilantes. Benfiquístas, amanhã o jogo é importante mas 2ª feira ainda mais importante vai ser. E a santa aliança (Querem uma prova da sua existência? O que há de comum nas bancadas dos estádios do porto, braga e sporting? O facto de que é possível ouvir cânticos anti-Benfica em todo e qualquer jogo que se dispute aí), como já e conhecida está a maquinar estratégias.

Escrevi atrás que está a ser uma boa época! Sim! Após tantos factores (4), caros benfiquístas: Estar em 2º a um ponto do 1º é obra. No passado e por esta altura, já os víamos ao longe certo? Estamos na final da TL. E temos a oportunidade de chegar às meia da champions...

Vamos fazer juz ao nosso "Et Pluribus Onum".

Sem comentários:

Publicar um comentário

Ok digam o que bem entenderem.
Depois eu vejo