quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Os Viscondes E Um Sporting Onírico

Godinho Lopes:

"Sporting é a maior potência desportiva nacional"
"estamos a subir, degrau a degrau. Na jornada passada estávamos em 10º, agora já estamos em 8º"!
A realeza de sonhos impossíveis
Como se pode analisar a grandeza de um clube histórico cá em Portugal (fundado a 1 de Julho de 1906)? Um clube que ostenta o nome do seu próprio país?

Quase impossível quando aquilo que o move, tal como o vizinho lá do norte, é a inveja e ódio ao Benfica.

Depois os sócios e adeptos são contagiados por essas manifestações de inferioridade e agarram-se a gravetos que de tão finos e já secos partem e caiem da árvore para se estatelarem no duro chão que é a realidade...

Rui Oliveira e Costa, bêbedo mas fervoroso adepto e porta-voz dos leões na tv, alvitrou o seguinte graveto há algumas semanas atrás: "Vamos em que lugar? No 13º? Se o Benfica estivesse em 14º, a crise era metade. Dói menos, dói menos".

Ontem estupidificou ainda mais o historial do clube que representa:

"Um Sporting-Benfica é mais que um jogo de futebol. É o único clássico que também é um derbi em Portugal e o que está em causa são mais do que três pontos. É um jogo que mexe comigo e dizê-lo [que pode salvar a época] é uma verdade".

Quando para o Benfica e Benfiquistas, o Sporting é um rival, parece que para os sportinguistas, o Benfica é um complexo.

Juro que gostava que este indivíduo representasse apenas a sua própria estupidez e nunca, jamais, os sportinguistas. Quando aparentemente se sonha mais com o Benfica do que com o próprio clube, algo impele o buraco a ficar mais denso e fundo.

Este mesmo complexo está bem patente no facto de:

Terem transformado em efeméride a data dos famosos 7-1, esquecendo que nessa época o Benfica festejou mais uma dobradinha.
    e    

Durante o período Roquette, ter existido um grupo de notáveis sportinguistas que subscreveram um estranho plano de cooperação e subalternidade com o FC Porto, para afastar o Benfica do sucesso e apanharem as migalhas que pudessem cair da árvore mãe.

Ostentarem de maneira visível, a forma submissa como encaram a derrota perante os “amigos” portistas, brindado a derrota do seu clube com um conhaque e um charuto bem juntos na bancada... Mesmo sendo habilmente prejudicados pelos árbitros...

Ostentarem de forma mais do que visível (a nível incendiário literalmente) o ódio e inveja com que encaram as sucessivas derrotas frente ao Benfica.
O que fica para o sporting no fim de tudo isto?
  • A certeza de que seu o presidente irá telefonar ou deslocar-se à sede da fpf para a próxima semana. Não para pagar as custas das obras que o Benfica teve de fazer para reconstruir a secção da catedral que foi parcialmente destruída a mando do seu ex-vice.
  • A certeza que esse mesmo presidente irá falar com o seu mestre, lá do norte, para lhe pedir ajuda nas nomeações dos árbitros e na imprensa em geral.
  • A certeza de que os jogadores já têm as suas cabeças a ser lavadas com palavras de ódio e inveja por directores menores e membros de claques incendiárias. De modo na dita segunda-feira sejam capazes de ganhar ao Benfica.
  • A certeza de que os sócios e adeptos irão continuar a penar:


Face a tudo isto, é claro que o Benfica, que é superior qualitativamente ao sporting, vai ter tremendas dificuldades nesse jogo. É evidente que paira na cabeça dos jogadores, técnicos, dirigentes e adeptos do nosso rival, o espectro de virem a ser goleados de forma inequívoca. É evidente que há fortíssimas possibilidades disso vir a acontecer. Certo é que o sporting vai lutar para estar na liga europa, parece-me que para já não há lugar para outras aspirações. E o Benfica? Qual deverá ser a estratégia face a tudo isto?
Um Valente VSF... claro
O sistema corrupto sabe, há já alguns anos, que só tem um rival cá em Portugal. Desmantelou o sporting e apetrechou bem um clube de braga e de forma moderada outros clubes cirurgicamente e geograficamente espalhados pelo país. 
Ladra, rebola e não pia Sasa
Face ao controlo quase absoluto das instituições desportivas, e uma enorme influência nas estruturas económicas, políticas e judiciais, eu ainda me questiono como conseguimos ter ganho o que já ganhámos este século (e não foi muito)!

Mas a resposta é fácil. Deve-se ao facto de a massa adepta não se ter desligado daquilo que é a verdadeira identidade do Benfica: E PLURIBUS UNUM!
Talvez também se deva ao facto de que, há alguns anos atrás, algo aconteceu entre os actuais presidentes do Benfica e desse outro clube. Já não há apertos de mão por parte de LFV ao capo o que coincide com a chegada ao final do contrato de transmissões televisivas com um dos braços armados do sistema. Como o Benfica tem ganho sem ajuda dos árbitros o que não acontece com o tal outro clube; E como o Benfica tem perdido pontos devido a arbitragens no mínimo infelizes quando o outro clube é por mera incapacidade colectiva e individual... 
Xistra deve querer arbitrar a final da champions deste ano
O sistema já percebeu que a táctica a utilizar é mais do que óbvia e até surtiu efeito a nas últimas três épocas.

O filme tem dois scripts criados através de múltiplos storyboards, no entanto tudo acaba por ter a mesma finalidade:
  • A: No arranque de cada campeonato, o Benfica é imediatamente "arredado" do título. Portanto o Benfica é logo nas primeiras jornadas, premeditadamente prejudicado de forma "sistemática, propositada e deliberada", com arbitragens escandalosas, tendênciosas e habilidosas. Ao invés esse outro clube é beneficiado e forma "sistemática, propositada e deliberada", pelas mesmas arbitragens escandalosas, tendênciosas e habilidosas.
  • B: Caso o Benfica consiga sobreviver a esta "estória planeada", há o backup plan cuidadosamente cozinhado: Em Janeiro/fevereiro irá sofrer nova avalanche! Caso tenha pontos suficientes terá de sobreviver aos golpes, caso não tenha... 
Com isto cria-se um fosso pontual, que permite a esse outro clube gerir a seu belo prazer essa diferença pontual até ao fim do campeonato... Simples, barato e dá milhões.

Pronto... Os dirigentes, técnicos e jogadores, do Benfica, têm de estar concentrados, atentos e vigilantes! A Blogosfera Encarnada está atenta, nunca esmorece e ataca ao mínimo sinal de aproximação de perigo. Vejam o exemplo do árbitro do útlimo jogo do Benfica... Assim que se conheceu a nomeção, todos os bloguers vieram a terreiro avisar dos perigos que tal nomeação... E nada de relevante acabou por acontecer no próprio jogo. A blogosfera gritou em uníssono: E PLURIBUS UNUM.

Coisas assim só acontecem num dos maiores clubes desportivos do mundo. O clube nosso vizinho vai ver se se devem marcar novas eleições, porque na verdade estar em décimo lugar a duas vitórias do quarto lugar não é lugar para um visconde se deleitar a ver o pôr do sol após um dia árduo de trabalho a fazer... Nada!

Até comecei a escrever este texto com a intenção de desejar uma certa união de ideias entre os dois clubes. Lembro-me, quando o sporting foi campeão com inácio, de ter dado os parabéns a um amigo meu e de termos bebido umas cervejas juntos. Isso não diminuiu o meu Benfiquismo, simplesmente tenho por hábito não tapar o sol com a peneira e encarar a verdade como ela se apresenta. No entanto a hora é de colocar trancas na porta de casa e olhar pelo que é nosso, o tempo de podermos ajudar quem necessita, foi por eles trocado por esperanças bacôcas fora de prazo que num espelho se reflectem em ódio e inveja.

Quanto ao Benfica, estamos numa altura em que se espera que neste novo mandato, da actual direcção, haja menos vaidade em contraste com o espírito de sacrifício, e que se faça o que se disse:
  • O Benfica sempre se construiu na sua pluralidade, sempre se construiu na diferença de opiniões. Nunca se construiu dividindo. Nunca se construiu separando
  • Os Sócios, hoje, votaram por uma opção clara nos direitos televisivos. Votaram por uma opção clara de não remuneração do seu presidente e respectivos Órgãos Sociais. Votaram pela manutenção e reforço das modalidades, do futebol de Formação. Votaram pela continuidade da luta pela verdade desportiva. Votaram pelo reforço na aposta do nosso futebol profissional

Só quero é que o Benfica arrepie caminho e vá à procura do futuro próspero que a ele lhe pertence.
E PLURIBUS UNUM

P.S.: Dias da cunha não figura na primeira fotografia deste post. Penso que ele é mais do mesmo como os que lá estão, no entanto teve a coragem de falar quando o verniz estalou e mudaram a fechadura da porta.

P.S.2: Por vezes há autoridade na autoridade... Há alturas em que se cumpre o dever para o qual fomos incumbidos
Retirado do OBVDA

1 comentário:

  1. Meu amigo assim até dá gosto ser benfiquista!!!....

    ResponderEliminar

Ok digam o que bem entenderem.
Depois eu vejo