sábado, 17 de novembro de 2012

Moreirense 0 SL Benfica 2

Mais uma vitória e mais um passo em frente na intenção de ganhar um título.
União à Benfica

Por motivos profissionais, não pude ver a primeira parte. Felizmente, mais importante aconteceu na segunda: Os golos.

O Benfica não é o sporting e o moreirense, mesmo forçando o seu ataque com alma, não teve engenho para impedir que o nosso clube seguisse na prova. Pelo que o Benfica fez na segunda parte, não há dúvidas em relação ao mérito da vitória.

Boa a jogada do segundo golo, tudo feito com assinalável geometria. Excelente a garra de Luísão que certamente viu os jogos de Jardel e sabe que tem de se esmerar para estar à altura do seu substituto (sim! Jardel também é culpado por o Benfica não sofrer golos há mais de oito horas). Luísinho é uma opção credível para a esquerda. Lima tem de ser mais altruísta, pois o que fez até agora de águia ao peito demonstra que não muito mais para provar. De nada vale ser o melhor marcador se a equipa não ganha títulos, certo? Gostei de Gaitan que correu bem, uma novidade! Mais uma excelente actuação de Matic. Boa exibição de André Almeida e Bruno César. O Rodrigo tem de ter paciência e não andar desesperado atrás de um golo. Nolito é um excelente jogador e tem de aproveitar o que lhe for chegando (o John está muito potente). O Paulo esteve seguro. E o Óscar, o tal que falha... Foi sujar a chuteira para facturar mais um à sua conta pessoal... raios te partam Óscar!
Guerreiros encarnados
Como aqueles que lêem com mais atenção este blogue sabem, pessoalmente não vou totalmente à bola com JJ. Já o tenho criticado bastantes vezes por causa de factos sobejamente conhecidos. A minha crítica é substanciada por razões evidentes que nenhum facto me consegue demover, pelo menos no que respeita às últimas três épocas: JJ não tem sido eficaz na preparação da equipa e na manutenção do nível/qualidade de jogo durante toda a época. Há uma qualidade que a espaços é tremendamente elevada mas depois, por alturas de Fevereiro a Abril, a coisa encontra todo um variado tipo de obstáculos. Quando chegamos a Maio, é ver o que ainda há para ganhar e esperar que haja força para cortar a linha em primeiro lugar.

Assim como não é possível demover-me desta opinião, é também verdade que não fui a única voz a apontar esta como uma das causas para o fracasso desportivo das últimas duas temporadas. Sabendo de tudo o que se falou, JJ tem traçado a sua estratégia de modo diferente. Também é verdade que a saída de duas pedras importantes o obrigou, em cima da hora, a improvisar laterais e médios centro. Também é verdade que as lesões de alguns intocáveis o levaram a apostar em alternativas que, segundo o padrão de épocas anteriores, provavelmente nunca iriam molhar o bico na equipa principal. Por fim, há esta paisagem financeira que impede o Benfica de cometer o erro de contratar à pressa lá fora de modo a colmatar lacunas.
JJ tem estado a trabalhar
Ou seja, há um contexto que levou a que as coisas sejam o que são actualmente: JJ está a rodar jogadores de forma segura. Com este novo processo, e excepto na champions, o Benfica tem navegado de forma paciente e vitoriosa nas provas nacionais. Dificuldades sempre houve e irão existir mas temos vindo a desbravar terreno e os factos (resultados) comprovam-no.

Não estou a afirmar que se assim não fosse, JJ faria o mesmo que sempre fez. Há também o dedo dele na arquitectura das equipas que ostentam o manto sagrado. Disso, a equipa ganha em união. Há um notório fortalecimento do espírito de entreajuda dentro do plantel e só assim as atoardas, com que alguns jogadores foram brindados no início de época, falharam o alvo de forma total.

Temos, Jardel (aposta pessoal de JJ) que tem sido o substituto à altura de Luisão. Melgarejo (por ideia de JJ) e Luisinho têm provado estar à altura na defesa do flanco esquerdo. Matic está a provar ser o jogador que sempre me pareceu. Perez deixou o babete na argentina e arregaçou as mangas no meio campo. Ola John foi um disparate financeiro, nem convocado era e agora... temos ainda os dois Andrés que paulatinamente foram emergindo da penumbra e são partes constituintes extremamente fortes, coesas e úteis do plantel.
O Regresso do Capitão
Jogadores como Gaitan, Bruno César e Nolito, têm sido preteridos por razões talvez de qualidade exibicional actual, o que os leva a colocar na cabeça que têm de dar corda ao chinelo de forma ser-lhes possível recuperar a suposta titularidade. Infelizmente, os dois maestros não têm podido dar o contributo à equipa. A equipa disso se tem ressentido um pouco (nada que a impeça de ganhar jogos) mas é a lei da vida.

Então somos chegados a Novembro e Luísão, Maxi, Carlos Martins, Aimar e Cardozo já estiveram fora do leque de escolhas do treinador. Certo que temos um caminho difícil na champions, mas é verdade que ainda vamos em primeiro lugar no campeonato e seguimos ontem rumo à final da taça de Portugal. Ou seja as coisas estão a funcionar. Não andamos a golear por 8-0, mas também não temos as ajudas de custo que esse outro clube tem tido.

Nota-se que os jogadores já toparam que têm de estar concentrados e deixar modas e vaidosismos à parte; Cumprir com a estratégia concebida pelo treinador e dar o litro durante o jogo. Daí que seja imperativo afirmar sem mácula que JJ está a fazer um trabalho mais competente do que eu estava à espera.
Óscar Cardozo: Mais um para o mealheiro
Com a sucessão de vitórias e a confiança que se transpira no plantel, só posso augurar um presente muito favorável a este plantel. Mas como tudo neste mundo do futebol Português, quer eu quer o Benfica temos de estar de pé atrás. É como conduzir um automóvel: Eu confio na minha condução! Não consumo alcool, coloco o cinto de segurança e sei as regras de trânsito. O problema são os outros... Posso ir descansado e de repente Trás! Tudo se desmorona em segundos... Certo? Os outros 11, 11+3, 11+?????, os outros.

Os outros que também podem ser apagões, o Benfica pode pedir uma equivalência e fazer a cadeira: "Como não perder um jogo de futebol após um apagão"!

Como não vi a primeira parte do jogo, não vale a pena falar sobre a actuação de um árbitro que se diz ser do Benfica... Como também diz proença e nós sabemos o quanto ele tem chorado com o seu sporting...

2-0, siga para o céltic de modo a alimentar a esperança. Como já escrevi anteriormente, detesto a liga europa: jogos à quinta-feira e depois à segunda para as provas nacionais...

Sem comentários:

Publicar um comentário

Ok digam o que bem entenderem.
Depois eu vejo