quinta-feira, 18 de julho de 2013

Vamos Lá a Mais Um Começo

Estamos prestes a iniciar mais uma época futebolística. Não sei se o destino já está traçado ou se o Benfica tem esta época, força suficiente para alcançar os triunfos que há tanto tempo persegue. Plantel? Quando estiver definido, talvez eu escreva sobre ele.
Águia pronta para levantar voo. Onde conseguirá ela chagar? 
São acontecimentos assim que não me deixam arrefecer os ânimos:








1991 1992 ainda a comemorar a que a tinha antecidido




2013 2014?
Mas...
Já vai em quantos?
Tudo muito lindo, muito comemorativo. Mas, e nas últimas seis temporadas, o que ainda abarca o tempo de Flores e Fernando Santos, tínhamos equipa suficiente para ter sido campeões e... Algo não aconteceu para que tal desfecho acontecesse.

Vamos esquecer o sistema. Sejamos honestos, e olhemos para dentro. Quem é que ainda é capaz de afirmar que concorda com tudo o que foi feito pela direcção Benfica desde que ela foi empossada? Isso seria o mesmo que acreditar que os dois últimos títulos de campeão, se deveram ao treinador que imigrou para as arábias...

Uma coisa é não haver concorrentes com coerência que possam suscitar dúvida ao status quo. Depois, essa  incapacidade leva a que essa dúvida perpetue quem por lá vai ficando. Outra coisa é ficar de barriga cheia por se ter direito a cinquenta votos e continuar no sofá a comer tremoços.

Quando se questiona o que se passou nestes últimos anos com um "há melhor", estamos a referir um melhor candidato que se oponha a quem já lá está, ou a um trabalho melhor de quem ainda lá está? Temos um , um ainda, que precedem o estar lá, esse estar lá de transparência e credibilidade já não estará a perder a cor com a passagem do tempo? Esse estar lá já não estará a ficar fora de tom por estar a ser tão batido (na mesma tecla)?

O Benfica não pode ser nacionalizado. O Benfica não é Portugal onde não há absolutamente ninguém que consiga fazer acreditar, quem vota, que se pode fazer melhor. Depois a malta começa a perder o interesse, já nem vai votar... E espera pelos próximos noventa minutos para...

O Benfica, que nasceu da vontade de meia dúzia de cidadãos do povo, cresceu com a força crescente desse mesmo povo ainda é capaz de remar contra a corrente. É quem lá está agora que pode avançar nessa direcção. É quem lá está agora que parece que ainda não conhece o interior da tal árvore e sim as sua folhas pujantes...

Depois surge a tal da dúvida: Não conhece, não quer conhecer ou conhece e está a borrifar-se? Será o Benfica só um negócio? E negócios transversais, como já há em todo o lado? Esse olhar sistemático para o umbigo... O umbigo do presidente não é o umbigo do Benfica e vice-versa.

Querem uma verdade? É que depois que subiu ao trono o primeiro presidente top model (o garcia), o clube ainda só ganhou dois campeonatos, duas taças, uns amendoins e muitas nódoas negras de andar a desfilar com saltos muito altos... Desmintam lá esta verdade!

Brito e Santos ainda devem estar a dar voltas no caixão. Nem quero imaginar como devem estar Bogalho, Coutinho, Mântua e Rodrigues, entre outros...

E Pluribus UNUM

PS: Para fechar a época passada, falta referir que o vencedor de uma certa sondagem levada a cabo pelo AMC foi:
video

6 comentários:

  1. Caro AMC:

    Já há muito tempo que sigo os teus textos e acompanho este blogue. E concordo, nem tudo tem sido bem feito por esta Direcção, e verdade seja dita, falta-nos uma oposição credível e com substância que aperte os calos à Direcção e a faça manter mais atenta, vigilante e activa.

    No entanto, não posso pactuar com a injustiça que muitos benfiquistas, uns mais mediáticos que outros, tentam perpetrar ao concentrar as humilhações ou nódoas negras que sofremos por amor ao clube, com os últimos anos de Jesus a treinador, ou com os mandatos de Vieira!

    O teu texto comunga de alguns aspectos que foram indicados pelo Bruno de Carvalho no seu facebook. Não vou discutir o mensageiro, como muitos desejam, mas somente a mensagem. Mais uma vez, vez uma mensagem que para mim, é mais de louvor aos feitos dos azuis e brancos e achincalhamento do SLB, à custa do presidente e treinador. Mas Carvalho parece querer chegar à raiz do problema, mas como sabe que tal virá trazer alguma justiça à actual direcção, não o aborda, tentando concentrar tudo no presente período.

    Mas se tivermos memória, se formos honestos e factuais, o Benfica que desejamos, que idealizamos, morreu, pelo menos, há 20 anos atrás, pelas mãos do pior presidente do SLB: Manuel Damásio.

    A contratação de um treinador azul e branco como Artur Jorge, que destruiu uma equipa campeã, aliada à lei bosman, desvirtuaram o Benfica e condenaram-no a 11 anos sem qualquer título. Mas parece que, para Bruno de Carvalho, este período não aconteceu no SLB. Mais, nesse período de onze anos aconteceram nódoas negras e humilhações que parece que todos os benfiquistas se esqueceram. Todos falam de levarmos 5-0 em casa do rival com Jesus! E levarmos 5-0 em plena luz, na discussão de uma supertaça, em 1996, perante o fcp, vendo-os fazer a festa em pleno relvado da Luz? Não é isto humilhação demais?

    Todos falam da humilhação em sermos eliminados pelo Braga na Liga Europa, nas meias finais! E sermos eliminados, nas meias da taça de Portugal, nos anos noventa, perante um Braga que nem chega aos calcanhares do actual? Não é uma humilhação também? E ficarmos em 6º lugar, a pior classificação de sempre no campeonato? Não é humilhação?

    Mais, e o que dizer daquela celebre anedota que dizia que a Luz era igual à Cruz vermelha? Todos que nos visitavam, levavam pontos! Mas isso, não é humilhação.

    Para não falar nos 7-1 do Celta de Vigo e eliminações nas rondas preliminares! Mas parece que tal período negro nunca aconteceu. Humilhações, só agora!

    Somos perfeitos? Não. Cometemos erros? Cometemos. Há muitas coisas mal explicadas? Há. Mas pelo menos agora assistimos a uma nova geração de adeptos desejosos por voltar ao tempo, pelo menos, dos anos 80, com exigência e vontade de exigir a quem de direito. Mas, espero que isto seja feito nos locais devidos. Além disso, quem quer suceder, quer conduzir o SLB a um futuro mais digno, que trabalhe já,a partir de agora, para construir um projecto sólido e credível.

    Quanto aos votos, nem me pronuncio. O intuito, nunca será o de democratizar o clube, mas sim, conseguir alterar os estatutos em proveito próprio.

    Por último, fico triste por não ver muitos benfiquistas a louvarem os títulos que são atingidos nas modalidades, os feitos do universo benfiquista a serem devidamente reconhecidos, e só usarem os insucessos das modalidades para atacar a direcção!

    Mas este já um problema da cultura portuguesa: só sabem criticar... de forma construtiva, é que não!

    ResponderEliminar
  2. É nesta dicotomia que os adeptos benfiquistas andam esmorecidos: não ganhamaos nada vs estamos melhor que no passado recente onde jogamos futebol de encher o olho.
    Bom, já fui defensor acérrimo desta direção. Não sou mais. As suas promessas lembram-me os vulgares políticos da nossa praça e estes... Eu quero o benfica campeão, não peço muito. para sermos grandes lá fora teremos antes de mais de ser o maior cá dentro. não sou sócio, não posso mais que mandar aqui umas "farpas" mas sempre que tive perto de o ser achei que não merecia, e este intocável do JJ não me merece - joga bom futebol mas não dá a verdadeira alegria - e a direção também não - há negócios que me transcendem - assim apenas o clube merece a minha atenção e seguimento, serei sempre benfica, seguirei o meu clube como for possível mas até haver uma mudança no paradigma do futebol somente assim o farei.
    "minha chama" continuação de bom futebol, boas postagens (já sinto falta dos comments aos jogos) e cá estaremos para mais uma época de pouco maldizer espero eu.
    saudações gloriosas
    vito g.

    ResponderEliminar
  3. Tudo certo caros leitores.

    Não há nada acrescentar ao que ambos escreveram. No contexto de ser do Benfica (que é ter na alma a chama imensa), tudo o que escreveram deve ser tido em conta.

    Mas questiono. Onde está esta transparência na realidade do nosso clube?

    Uma pista: pizzi tem sido associado ao sporting. Como ele é do atlético de madrid, sempre duvidei que ele viesse a vestir a camisola dos nossos ainda vizinhos. Vieira e cerezo tem uma daquelas amizades... E Sálvio pode estar de saída...

    O presente do Benfica está alicerçado no seu passado. Nunca se duvide que sem ele o Benfica já tinha desaparecido.

    Até o sporting que já teve a hegemonia do futebol e construiu património, não acabou há uns meses por causa do seu passado. Agora é ver BdC a distribuir chapadas porque não tem nada a perder.

    Acho que é hora de abanar esta direcção de modo a ela acordar e realmente fazer o que tem de ser feito... O trabalho está a começar a dar resultados (Benfica TV), mas não chega!

    ResponderEliminar
  4. a benfica tv é um projeto digno e ambicioso, algo grandioso até mas a meu ver de nada vale sem títulos do futebol, eu sei que há mais modalidades e que nos têm dado alegrias mas o que o povo gosta é da bola a correr sempre será o futebol a galvanizar o clube sem o sucesso dele acho o final triste.
    uma palavra para a votação, execução sublime de lima e jogada magistral de gaitan - o melhor!
    cumprimentos
    vito g.

    ResponderEliminar
  5. Caro AMC:

    Obrigado pelas palavras endereçadas e conseguiu chegar ao ponto que desejo. No meu comentário já o afirmei:

    "Mas pelo menos agora assistimos a uma nova geração de adeptos desejosos por voltar ao tempo, pelo menos, dos anos 80, com exigência e vontade de exigir a quem de direito. Mas, espero que isto seja feito nos locais devidos. Além disso, quem quer suceder, quer conduzir o SLB a um futuro mais digno, que trabalhe já,a partir de agora, para construir um projecto sólido e credível."

    Com isto, eu quero afirmar o que tão bem traduz no seu comentário: é preciso abanar a direcção, mas abaná-la com conta, peso e medida... não alicerçada em demagogia e populismo, para isso, não contem comigo!

    Conforme dizes, há muitas coisas mal no Benfica, que têm, devem e merecem ser escalpelizadas, precisamente nas assembleias e perante quem de direito. Os sócios têm esse poder e a bem do SLB, devem usá-lo! Já evoluimos muito, mas não podemos ficar à sombra da bananeira, a esperar o descalabro dos azuis e brancos! Temos que ser nós a pressionar a Direcção para mais e melhor, mas pressionar de forma condigna, exigente e legal. Não com petardos, mentiras e demagogias.

    Fico contente pelo novo texto... demonstra memória, sabedoria e bom senso! Por isso é que gosto de visitar o seu blogue. Parabéns pelo bom trabalho.

    O.S.H.

    ResponderEliminar
  6. Demagogia não é comigo.

    Mas por vezes, quando estou com vontade de escrever "umas coisas", vem-me à memória o herói de Cervantes.

    É... muitos castelos, alguns com bons alicerces, outros de cartas... Mas tudo ilusão.

    LFV é o presidente eleito de forma... democratica (falta o acento no a. A sua ausência espelha o que penso acerca da maioridade dos sócios e os respectivos votos associados - de resto tudo correcto na sua eleição). Ele, quando se for embora, certamente que não quer sentir aquilo que damásio deve sentir quando lê/escuta/sabe o que a maioria dos benfiquistas pensam dele.

    A fleuma não deve ser efémera pois a chama é imensa. A massa adepta do Benfica não é nenhum grupo de clientes de um pardieiro qualquer que só vê o dono do mesmo cada vez que há peixe para vender... O presidente Bogalho pegou na enxada...

    ResponderEliminar

Ok digam o que bem entenderem.
Depois eu vejo