sexta-feira, 28 de junho de 2013

Estádio da Luz: A Velha Catedral

O que é um blogue de apoio a um clube como o Sport Lisboa e Benfica, cujo o ecletismo, o historial e a forte e incontável base de adeptos que fazem dele um dos maiores clubes de Portugal e um dos mais prestigiados a nível mundial... Sem um espaço reservado à sua Catedral?
(Digitalização AMC)
Como é do conhecimento geral, o Benfica teve durante muitos anos uma Catedral gigante e é sobre essa  que este post irá versar. Não vou contar histórias porque ela é tão extensa que para já não iria valer a pena. O que vale a pena é mostrar que durante muitos anos o Benfica andou com a mala às costas, vejam por vocês próprios!
O estádio das Amoreiras, que se pensava vir a ser o reduto final, pode ser visto com mais pormenor aqui.

Depois, com o esforço do clube, atletas e especialmente, com a tremenda ajuda dos adeptos, nasceu a primeira catedral do Sport Lisboa e Benfica.

Vamos recordar... Toca a dar ao rato que as imagens são bem maiores.

Em primeiro lugar alguns esboços artísticos daquilo que se queria que a Catedral viesse a ser.
As Maquetas
O traçado no papel
Depois começou um dos grandes momentos da história do Clube.
 
 Os inícios da majestosa obra
As primeiras enxadadas a 14 de Julho de 1953
Digitalização AMC
E eis que chega o grande momento da inauguração, após um esforço inqualificável de milhares de Benfiquistas:
Inauguração (Digitalização AMC)
O estádio da Luz manteve-se somente com os dois anéis por mais seis anos. durante estes anos, teve capacidade para 40 000 adeptos.
Estádio Da Luz no final da década de 50
Mas era necessário uma catedral maior, porque o clube estava a crescer exponencialmente e as costuras começavam a dar o berro. Foi construída a primeira parte do terceiro anel, que ficou concluída em 1960, e que incrementou a capacidade do estádio para 70 000 lugares.

Esta parte mítica do terceiro anel manteve-se até 1985, já era o terror dos nossos adversários. Eles entravam no relvado e davam com aquela coisa majestosa de frente, imagino o clamor ensurdecedor...
O Estádio da Luz nos Anos 70
Para ser o verdadeiro gigante de betão, ou para validar a afirmação O inferno da Luz, era necessário acabar o terceiro anel. Essa obra, infelizmente valeu-nos uma equipa de futebol e um défice cavalgante, mas também nos valeu cerca de dezasseis anos de memórias inesquecíveis.
Digitalização AMC
Com o fecho do Terceiro Anel, a capacidade do estádio passou para uns inimagináveis 120 mil lugares!

O problema, ou não, é que não existiam lugares individuais ou marcados! Não haviam cadeirinhas para a malta se sentar (tal só veio a acontecer em meados dos anos 90). Quem queria conforto tinha de trazer aqueles mini travesseiros. Então, o tal número oficial de espectadores foi  ultrapassado em várias ocasiões:
  • A 4 de Janeiro de 1987, frente ao porto, estiveram ali cerca de 140 mil espectadores...
  • A 20 de Abril de 1988, cerca de 130 mil espectadores assistiram ao regresso do Benfica às finais da taça dos clubes campeões europeus... Vinte anos depois da última presença do clube na última fase da prova (1968 em Wembley frente ao ManU).
  • A 18 de Abril de 1990, em partida a contar para a segunda mão das meias-finais da Taça dos Campeões Europeus contra o Marselha, o estádio contou com cerca de 130 mil espectadores...
  • A 30 de Junho de 1991, na partida que marcava o final do Campeonato Mundial de Futebol Sub-20, a selecção Portuguesa contou com o apoio (oficial) de cerca de 127 mil espectadores. Rui Costa marcou o último penalti e Portugal sagrou-se pela segunda vez campeão mundial.
  • A 29 de Março de 1995, cerca de 125 mil adeptos foram à catedral para ver Rui Costa, João Pinto, Paneira, Isaías e companhia dar um banho de bola ao parma e... Ganharem apenas por 2-1!
Para que gosta de imagens inesquecíveis, é continuar a dar ao rato por aí abaixo.
Digitalização AMC
Penso que não há incorrecções no texto, já que não me alonguei muito. No entanto, caso observem algo que não está certo, não se inibam de o assinalar.

É claro que este post vai sofrer algumas modificações/acrescentos, com o tempo.

Gostaria de agradecer a todos os frequentadores desta matrix que é a Internet, por disponibilizarem a maior parte das fotografias aqui expostas. Devido a eles, o presente não se esquece (ou não devia)  que o passado jamais pode ser uma cadeira para a malta se sentar no presente e antever o futuro... 

A parte do trabalho que coube à minha pessoa, está assinalada com um Digitalização AMC e compreende fotografias retiradas da revista "Benfica Ilustrado", excepto as primeiras duas que são da minha autoria... Sim, estive lá! fui ver este jogo:
video
E vi jogar Fernando Chalana, senti o troar da sua arte naquelas bancadas de betão... Neste jogo contra o braga, realizado a 14 de abril de 1990... Quatro dias antes de o Benfica receber o marselha.

Para a antiga e inesquecível catedral do Sport Lisboa e Benfica, um saudoso
RIP
E PLURIBUS UNUM


Post aprimorado a 16 de Novembro de 2013

7 comentários:

  1. GRANDE POSTAGEM COMO SEMPRE CARREGA BENFICA UM ABRAÇO AMIGO ...

    ResponderEliminar
  2. A Minha Chama o MELHOR blog Do Benfica Parabéns.
    Saudações Benfiquistas

    ResponderEliminar
  3. Este estádio era grandioso, obrigado pelas fotos.
    vito g.

    ResponderEliminar
  4. Sobre a transição para o novo estádio, não há como contornar a questão: passar dos 120.000, ou menos com as cadeiras, para 65.000, como diria o João César Monteiro, é de enfiar um dedo no cu.

    Alguém duvida que em jogos importantes não metíamos lá 100.000 nos dias que correm?

    E que eu saiba o Nou Camp e o Bernabeu ainda lá estão, melhorados, e prontos para as curvas.

    Não há pachorra para um país de labregos que seguem a cenoura da "modernidade"...

    ResponderEliminar
  5. Com preços acessíveis, e uma excelente sucessão de resultados...

    Mais de 100 mil estariam na Luz nos dias de hoje

    ResponderEliminar
  6. isto e que era um estadio. CARREGA BENFICA

    ResponderEliminar
  7. Até nisto éramos diferentes dos outros,pois a nossa Catedral foi construida com o esforço e a dedicação de milhares de Benfiquistas.Era marcante para qualquer um o baptismo na velha Luz,a entrada pelo tunel,a frente do estádio onde nos ultimos anos estava perpétuada a fiigura do mitico Eusébiol,o pavilhão por debaixo das bancadas que era um verdadeiro terror para os adversários e finalmente toda a envolvencia e espetacularidade do ambiente que era criado dentro do estádio.Uma pessoa ao entrar pela primeira vez naquele gigante palco quase que chorava de emoção.Outra coisa unica era a entrada da nossa equipa em campo e sobretudo a vénia que faziam do lado do antigo terceiro anel e o barulho do bater dos pés nas bancadas que parecia um autentico terramoto.Peço desculpa pelo saudosismo,mas uma ida á antiga Catedral era qualquer coisa de magnifico.

    ResponderEliminar

Ok digam o que bem entenderem.
Depois eu vejo