segunda-feira, 4 de outubro de 2021

Barcelona, Portimonense, Eleições.

É verdade... Já há muito que este blogue estava dormente. Assim o decidi quando vi o Benfica começar a desmoronar às mãos de um grupo de pessoas que mais queria do que se servir dele do que o servir. Para vos ser honesto, já há muito que o sabia mas as vitórias também toldam o discernimento...

No entanto, este é um momento crucial para o clube: Após se descobrir o que muitos sabiam e ter a possibilidade de ainda descobrir mais, eis que o Benfica vai de novo a eleições. Para juntar ainda mais combustível à coisa, eis que o Benfica vence o Barcelona de forma categórica e cai com estrondo perante uma equipazeca (ambas as partidas disputadas na Catedral)...

Digamos que o Benfica viveu um momento de relativo fulgor em ascensão para depois se despenhar e, ao levantar a cabeça, vê uma porta aberta à sua frente... A porta futuro!

1º O Barcelona:

Excelente partida. Se é um facto que este Barcelona não é o de Guardiola, também este Benfica não é o de Guttman ou de Eriksson. Dito isto, ambas as equipas queriam ganhar e venceu aquela que melhor esteve em todos os períodos da partida.

Todos os jogadores entregaram-se com alma à partida. As alterações foram certeiras. o Benfica venceu de forma inapelável por 3-0. Sim, foi uma noite europeia empolgante onde a equipa pareceu perder receios ou dos receios que sentia fez força. De tal maneira que o resultado poderia ter sido mais expressivo.

Fiquei com a ideia, na quarta feira, de que com esta atitude, até o Bayern pode tremer e...

2º Portimonense:

Estranhei o facto de JJ não ter feito uma única alteração no onze inicial... Não fiquei admirado por JJ ter feito tantas más alterações. Não fiquei admirado por ver um guarda redes adversário a defender tudo o que lhe era possível. Não fiquei admirado de ver os adeptos apoiarem a equipa até ao final. 

Mesmo assim, o Benfica poderia ter vencido a partida mas o futebol castiga, assim como eleva, e eis que somos líderes do campeonato com um ponto de vantagem sobre os rivais.

Interessante como o Portimonense foi o ponto de viragem na caminhada do Benfica rumo ao seu 37º título...

Nota: Darwin... Não me parece focado em tudo o que tem de estar focado. Não me parece um exagero afirmar que, não tivesse marcado dois golos importantíssimos, tem sido um jogador algo mediano (ontem foi de uma nulidade...).

3º Eleições:

A última vez que escrevi sobre Vieira neste blogue, foi a 3 de Janeiro de 2019:

 

Vieira saiu pela porta pequena A rábula das pedras na calçada revoltou-se e Vieira andava a arrancar essas pedras para as aplicar noutra calcada que não a do Benfica. Novas eleições foram marcadas. Duas listas estão na corrida para presidir os destinos do Benfica nos próximos quatro anos. Este é mais um momento decisivo na vida do clube.

O ano passado, de forma algo pouco corajosa, apoiei a candidatura de Rui Gomes da Silva. Na minha perspectiva, era a pessoa ideal para reformular o clube. Os sócios - em princípio - foram soberanos... Ou não, pois nunca o saberemos. Senti que o Benfica tinha perdido uma bela oportunidade para mudar para melhor.

Rui Costa, apoiado pelo grupo Vieira e afins (grupo que prefere cortar a cabeça ao líder e colocar outra cabeça naquele lugar de modo a não perder previlégios), decidiu ir à corrida. Retirou alguns monos da lista mas mantém todo o resto na mesma. O que alterou, especialmente o presidente da MAG, causa-me um desconforto atroz...

Neste momento, Rui Costa não poderia ter o meu voto! Nem sei se a justiça ainda não vai avançar com mais "casos"...

Como sinto profundamente que o Benfica necessita de gente nova e sem vícios, o meu sentido de voto está neste momento depositado na lista B. Em Francisco Benitez.

É verdade que não me agradou o facto de ele ter desistido da sua lista em favor da de Noronha Lopes o ano passado mas neste momento, perfila-se como um candidato cujas ideias - no contexto do clube - mais me agradam.

Se existe em mim o desconforto do desconhecido? Ou por outras palavras, se tenho receio de ver o Benfica a ser gerido por um grupo de pessoas que não tem provas dadas? Talvez tenha pois sou humano mas tenho a sensação que a lista de Rui Costa é uma continuação aparada do que o clube viveu nos últimos 20 anos... Caso o sentido do meu voto se revele um erro, daqui a quatro anos cá estarei para ver quem sucede ou concorre, estarei sempre atento e certamente que irei combater o atrofio que espero que acabe caso a maioria dos sócios do Benfica tenha uma opinião de voto idêntica à minha.

Neste caso, tenho mesmo a sensação que o Benfica - o clube é dos sócios - necessita de mudar. Os debates irão certamente trazer mais certezas e isso, debates, foi preponderante nas pequenas mudanças que a sociedade portuguesa assistiu nas últimas eleições autárquicas. Vamos todos pensar sem sermos explosivos na troca de ideias.

Para já, a lista de Rui Costa tem aqui exposto o que pretende fazer.

A lista de Francisco Benitez também já fez o mesmo aqui.

Domingos Soares Oliveira, também tem de sair do Benfica.

Nota: Aceito debates nos comentários mas não aceito bots.

E Pluribus UNUM

domingo, 27 de setembro de 2020

Finais de Setembro

Estamos em finais de Setembro e o Benfica, após mais uma eliminação, sem pés nem cabeça da LC, soma duas vitórias no Campeonato Nacional.

quarta-feira, 5 de agosto de 2020

Para Vieira

Este artigo está em stand by há dois meses... Como nada se resolve, aqui vai ele.

quinta-feira, 18 de junho de 2020

Rio Ave - Benfica. Uma Vitória...

E à terceira aparição, nesta época algo anémica, o Benfica conquistou os três pontos mas ficou ainda atrás do clube do norte...

domingo, 7 de junho de 2020

S.L. Benfica - Tondela... A Continuação...

... De um marasmo que penso todos tínhamos esperança que o vácuo do Cr19 tivesse apagado. Não e para piorar as coisas temos ainda a dificuldade que é arrancar de novo a competição sem ter tido férias, um ataque ao grupo de trabalho e um presidente que vai escapando miraculosamente a quase tudo...