domingo, 20 de outubro de 2013

TdP: Cinfães 0 Sport Lisboa e Benfica 1

Bem, não foi jogo para grandes comentários. Sejamos honestos com isso e não estaremos a cometer erros de apreciação. O Benfica foi jogar bem longe (enquanto o clube do sistema irá jogar em casa) e levou a festa do futebol à província. Alegria e celebração que mais não é do que esta festa do povo... Coisa que a Taça ainda consegue ser.
Cinfães, algures lá em cima
JJ apostou em lançar a malta menos utilizada dos As e alguns dos melhores Bs. Fez bem! Mas não lhe perdoo a desfeita que me fez de não ter lançado João Cancelo... FOI IMORAL!

De resto só irei escrever sobre alguns jogadores e nada mais. Funes Mori, Ivan Cavaleiro, Vitória e Lindelöf.

Mori... Um autêntico armário com talochas. Sim, compreendo esse imagismo pois o gajo é enorme. Por outro lado, andou noventa minutos sozinho entre centrais e trinco a apanhar nas canelas, a ganhar bolas de cabeça, a ganhar despiques. Veio rotulado de flop sem sequer o provar ser. Outros chegam craques e... Resta o tempo passar o atestado.

Vitória... Steven Vitória, o tal que quase a terminar o Benfica-estoril da passada época, poderia ter deixado aquela bola passar... Já estava contratado mas fez o que um profissional deve fazer e acabou por contribuir para o desgosto final das gentes adeptas do seu futuro clube. Ontem, vi que Luísão é capaz de ter um substituto à altura (até mais do que isso porque Vitória chega aos 1.95m). O tempo irá encarregar-se de passar o atestado.
Lindelöf. Por incrível que possa parecer, gostei deste outro armário. Não fez nada de extraordinário, falhou alguns passes etc. Fiquei curioso em descobrir porque é que este gajo me estava a cativar a atenção! Verdade caros leitores, algo... Foi mesmo algo que me fez interessar nele. Cheguei a casa, internet e pimba: O Gajo é Sueco, será que? O tempo irá encarregar-se de passar o atestado.

Ivan Cavaleiro. Toda a gente ficou com a sensação de que Ivan é a cópia Portuguesa de Sálvio, ou nem por isso? Noventa minutos a debitar energia cruzamentos muito bem medidos, defesas para trás... Sílvio teve uma tarde mais descansada do que Cortez... E aquele golo que não quis entrar... Sim, o tempo irá encarregar-se de passar o atestado.

De resto, e face ao jogo que era, houve muita determinação em correr. Penso até que se correu mais do que a malta da equipa mais principal corre. Mas isto são desabafos. Talvez devesse falar em Ola John, ele até marcou o único golo da partida. No entanto John padece de algo que terá levado muita gente a questionar a sua actuação da seguinte maneira: Depois de ver o jogo que ele fez, confesso que fiquei admirado por ele ter conseguido marcar aquele golo! Pois é caro Ola John, tens potencial enorme mas tens duas escolhas: Tal como Nani quando saiu para Manchester, ou escolhia ser um super Nani; ou ser um Ronani. O tempo irá encarregar-se de passar o atestado...
Noto, pelas estatísticas do blogue uma diminuição na participação dos leitores consoante os tópicos aqui debatidos.

No post sobre o doping e sobre a violência da claque do clube norte, houve uma afluência maciça. No post que transmite a opinião deste escriba sobre a gestão de Luís Filipe Vieira, já a coisa foi mais branda. Confesso que tenho um cuidado extra sobre este assunto, gosto de transmitir ideias (as minhas) e aceito argumentações contrárias a qualquer opinião que eu tenha.

Confesso que teorizo sobre os porquês de tal baixa de afluência. Será que quando se critica, de forma negativa, quem gere os destinos do Sport Lisboa e Benfica, se deixa de ser Benfiquista? É que tenho para mim que quem apoia/concorda com a actual direcção não é mais ou menos Benfiquista do que quem não apoia e procura alternativa! Onde está então o ponto de equilíbrio nesta questão?

Está nos factos. Verdade estimados leitores:

  1. Luís Filipe Vieira apoiou e apoia inequivocamente um dos tentáculos do polvo.
  2. O Clube, sob a sua presidência, acumula desaires atrás de desaires competitivos.
  3. Há muito mais qualidade no Futebol, Voleibol, Andebol, Hóquei em Patins, Basquetebol, Futsal, Atletismo etc.
  4. Impossível que o presente e o futuro sejam iguais ao passado. A glória do Benfica assemelha-se à evolução da identidade do próprio país. De gigantes dominadores do mundo (a par com a Espanha), a fraternidade, a união e a univocidade, sucumbiram à vaidade e à inveja.
"De todos Um", E Pluribus UNUM. UNUM. UM que é o clube que se personifica na massa adepta e nunca no líder. Pelo menos Damásio viu isso, penso eu que viu, e abalou. Tomou consciência de que não dava e nem a capela sobrou. Os factos apresentados (haverá mais quem sabe) devem ser estudados e neles basear-se uma opção. Vamos desistir do futebol?

Esta espécie de mito de D. Sebastião que se abateu sobre o nosso clube, ameaça de forma violenta continuar a oprimir a sua expansão. "Se não fosse eu o Benfica tinha morrido"... "Se for aquele candidato, voltaremos ao passado"... Tem vindo a criar a ideia em muitos Benfiquistas de que o clube/reino não tem herdeiro. O que cria outra ideia ainda pior: A de que a salvação está no presente e de que a saída do presente presidente nunca deverá ser aceite como positiva.

Mas há uma crescente inconformidade a crescer. No entanto, essa inconformidade ainda não apresentou um real e fiel adepto da casa para debater estratégias e apresentar-se como alternativa credível. Deste modo, o Clube está na posição de começar a criar um outro mito: O do Duque de Bragança! Para quem não se lembra, a 1 de Dezembro de 1640 um grupo de Portugueses chefiados pelo Duque de Bragança (futuro D. João IV), depôs em Lisboa o representante de Filipe III e restaurou a independência de Portugal... esta coincidência de nomes e avassaladora não é? Ainda por cima aqueles negócios acimentados em Madrid...


César viveu no auge do período das conquistas romanas, conquistas que não vejo no actual reinado de Vieira (Estádio? Museu? Benfica TV? Sim são vitórias mas e as conquistas?) e depois sucumbiu com um "Até tu, Brutus". Até em tempo de glória não há segurança! Não espere por um Duque de Bragança (o Restaurador) ou por um dos seus filhos adoptivos caro presidente. Avance ou saia. Uma onda forma-se, cresce e abate-se de forma avassaladora.
É que o porto não é melhor do que o Benfica. O porto tem órgãos federativos, políticos, magistrados, árbitros e imprensa a ajudar na sua demanda... E o ano passado só ganhou na última jornada! O porto também tem uma fraca gestão desportiva por parte do Sport Lisboa e Benfica e uma gestão desportiva completamente nula por parte do Sporting a ajudar a sua missão. Erros todo a gente comete, eu também porque sou filho de seres humanos.

O Benfica não é Luís Filipe Vieira, nem jamais o poderá ser. O "Veni vidi vici" não se aplica a ele, como se quer fazer acreditar (só por se ter ido ganhar a taça dos campeões europeus de Hóquei ao covil). E por escrever isto não sou menos Benfiquista como que defende o oposto. O MEU interesse é o Sport Lisboa e Benfica.

E Pluribus UNUM

PS1: Fui só eu que notei que o Costa teve uma arbitragem esquisita? O Golo anulado... O Amarelo ao Djuricic... Uma entrada às canelas de Mori logo a abrir... Lei de vantagem aplicada conforme servisse o Cinfães... Ainda bem que o Cinfães não tinha qualidade para a equipa do Benfica! Tinha vontade mas não qualidade, senão...

5 comentários:

  1. Não vi o jogo, oxalá JJ continua a aposta no Ivan que poderá ser o suficiente para estabilizar o futebol da equipa já que ganharíamos profundidade na esquerda e massa criativa no meio com a deslocação de Enzo e os contributos de Ruben e/ou Djuricic e Matic e/ou Fejsa.
    Quanto ao Steven, desde primeiro instante, não engana; um lugar ao meio é dele, quem sairá, não sei!
    Um Benfiquista nunca se dispensa da crítica construtiva, sem ela, nada evolui. Travei há dia uma bela discussão com o Guerreiro da Luz, que revela umas ideias bem interessantes sobre o Benfica. Se puder, dê lá uma espreitadela; acho que vai gostar e dizer algo.
    Abraço

    ResponderEliminar
  2. Como não vi o jogo não dispenso a passagem, por aqui, para me informar.
    Se calhar a malta já não escreve tanto porque anda cansada, cansada de ver os erros e nada mudar. Ainda assim, vamos depositar na blogosfera a confiança de que é possível passar a mensagem, tomar consciência, romper com a trajectória. Eu pensava que o ano passado tinha sido o deadline mas se este ano for igual e nada mudar...
    Ando muito apreensivo! Parecemos andar na corda bamba, não sabemos se isto rebenta ou arranca.
    Saudações
    vito g.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E a Blogosfera Encarnada anda muito atarefada...

      Eliminar
  3. Arbitragem esquisita? Viu se bem que ele tentou foder ao máximo o Benfica. O golo anulado foi a prova disso! Em Paços o mesmo árbitro valida o golo do Jackson, aqui anula... lol

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas isso eu não esqueço JF...

      Desabafei sobre a escolha desse árbitro no FB. O problema é que aquele Benfica B foi melhor do que o Cinfães A...

      Eliminar

Ok digam o que bem entenderem.
Depois eu vejo