segunda-feira, 7 de outubro de 2013

7ª J: Estoril 1 SL Benfica 2

Não foi um grande jogo. Poderia ter sido mas os esqueletos que perduram no armário não foram convenientemente aniquilados. Isso pode ser um problema para todos porque o tratamento tem duas maneiras de ser efectuado:

1 Aplica-se uma terapia radical para extinguir a maleita o mais depressa possível.
2 Tenta-se uma coisa mais holística/espiritual e esse tratamento será uma terapia com várias sessões/jogos até a dita maleita estar sanada.
Lá estão aqueles que jamais desistem...
JJ escalou a equipa com a tal da fórmula de sucesso mas com uma pequena variante: Dois pontas-de-lança móveis. Tudo começou bem com Rodrigo a falhar o cabeceamento logo a abrir para depois Lima abrir a contagem. Tudo muito interessante mas, como sempre, logo seguido de uma baixar de rotações, de um acantonamento junto do meio-campo à espera que o estoril abrisse a retaguarda.  Muitos passes falhados lá no meio. Os extremos presos. Zero de transições defesa-ataque, e uma abundância de chuta a bola daqui para fora. Assim era impossível construir.

A lesão de Markovic trouxe o bundão do Ola John. Ola John trouxe muito pouco ao Benfica. O sérvio punha em sentido o flanco esquerdo do estoril, o holandês entrou acabrunhado e limitou-se a não complicar (vejam o lance que deu o golo a Cardozo - parece que Maxi tirou a bola a John e foi fazer a assistência ao Paraguaio).

No fim da primeira parte, e pela primeira vez esta época, o Benfica usufruiu de uma grande penalidade depois de um lance que de parecer tão casual, não foi tão casual como aqueles que aconteceram bastas vezes na área do campeão a época passada. Lima marcou relativamente bem mas o keeper canarinho já estava a atirar-se para aquele lado antes de o brasileiro chegar à bola. Pensei que teria sido melhor assim, outros pensaram que Cardozo deveria ter sido escalado a titular e não a suplente. Ao intervalo tínhamos um golo, um penalti falhado e os dois laterais amarelados.
Foi uma segunda parte mais interessante. Houve períodos de troca de bola por parte do Benfica que desmancharam o estoril. Certo que para o espectador tudo não passou de uma pasmaceira, mas o facto é que o estoril não teve a mínima hipótese de se tentar acercar da grande-área naquele período de tempo. Avolumaram-se os cartões amarelos para os jogadores do estoril o que levou à primeira expulsão (justa). JJ lê, e bem, que Cardozo iria desbaratar a defesa do estoril e... Golo. De pé direito sem deixar cair... Que golo, e daquele pé tão cego que em lances mais fáceis já me deixou louco. 
Mas depois tudo se alterou porque há jogadores que ainda não sabem estar calados, quietos, e materem no máximo os níveis de concentração: Artur em vez de estar atento aproximou-se da linha de grande-área para fazer não sei o quê! Reposição de bola e quase golo do estoril. Pontapé de canto e aquela defesa não tira a bola e oferece um lançamento lateral seguido de mais um canto. Balboa já estava em campo e aviou mais um golo... 

Com 2-0 e tudo para caminhar pacificamente até aos noventa minutos, a malta decidiu deixar saír os tais esqueletos do armário. Lima ainda falha o terceiro golo e depoios, como eu suspeitava, um dos laterias acabou por saír mais cedo. Maxi foi bem expulso! Não se compreende como é que os jogadores do Benfica fazem as faltas mais absurdas no seu meio-campo! Já em guimarães se tinha passado mesmo! Claro que o estoril foi tentar a sua sorte. Claro que ficou a ideia de que sofremos. Claro que Artur levou uma amarelo por atrasar a reposição de bola. Claro que o estoril parecia o Benfica e o benfica parecia o Estoril... Claro... Que bem que vai fazer esta paragem, quer aos jogadores e equipa técnica, quer à massa adepta...

Não foi o que todos estavam à espera, quer fosse a vitória do estoril ou uma exibição que viesse a catapultar o Benfica para níveis mais estáveis. Não me consigo esquecer de tempos recentes, e não tão recentes, em que jogávamos futebol e o resultado não era conseguido. Foram três pontos mais justos para o Benfica do que para o Estoril. Foram três pontos conseguidos com sofrimento depois de uma exibição instável dentro de um cenário em que:
  • Os jogadores e a equipa técnica estão sobre fogo cerrado de uma imprensa que os ataca de forma impiedosa. Ouvi na antena 1 e li no record coisas que rondam a pura mentira. Pseudo-comentadores vertem um ódio inexplicável aos jogadores. 
  • Os jogadores sabem que ser melhores não vale de muito quando outros pouco jogam e são ajudados para conseguirem os três pontos. Observam o presidente a falar do que se passa mas parece que ninguém o ouve. Não nos podemos esquecer que há também um cenário em que é uma incógnita e que se refere ao equilíbrio emocional entre os jogadores e a equipa técnica. Assim não há alegria, a vontade é tolhida de forma violenta pelo receio, a esperança é vetada pelo "será que vale a pena"...
O trabalho sujo de um bando de encomendados
É com isto que teremos de conviver enquanto não houver uma limpeza quer no panorama geral quer no Benfica. Essa limpeza, no panorama geral tem de ser efectuada com um fechar de portas. Temos de cortar o abastecimento e provocar uma fome mortal ao exterior. A limpeza no Benfica tem de ser, numa primeira fase, de nível mental. Os dirigentes têm de ser instruídos a falar um discurso e a não emitir opiniões... Estou farto de ouvir cada um a meter a cabecita de fora e a enviar bitaites para o etéreo. Parece o governo de Portugal em que cada um enterra o próximo e não olha a meios para se fazer aparecer como algo que não são na realidade.
Caso isto não resulte, e tal como está na fotografia do Germano que publiquei ontem, de todos UM. Teremos de procurar outra solução! Todos juntos pelo Benfica!

6 comentários:

  1. Acho que o GR pode-se mexer...não pode é sair da linha de golo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pedro, achar...

      Mas olha que foi melhor assim, qualquer que seja a regra!

      Saudações gloriosas.

      Eliminar
  2. Jogo muito fraquinho do nosso Benfica mas temos mais 3 pontos.
    Viva o Benfica
    GONDARSLB

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. 3 pontos e umas pequenas férias para ver se os jogadores e a equipa técnica se tornam mais unidos...

      Eliminar
  3. Já o disse, prefiro jogar mal e festejar no fim.
    Tenho fome de títulos! Com ou sem JJ.
    vito g.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Todos temos vito g.

      Pelo menos a massa adepta...

      Eliminar

Ok digam o que bem entenderem.
Depois eu vejo