segunda-feira, 27 de maio de 2013

Porque Acabámos Por Perder Tudo?

Então agora o que há que se possa escrever? Agora que a raiva e a frustração estão à flor da pele? Esta é a altura em que a água está a ferver (a nossa cabeça) e quem lá mete a mão (quem opina) queima-se (arranja chatices).

No que diz respeito à pergunta que dá título a esta missiva, há uma culpa exterior (da qual já escrevi aqui), mas também convém que se saiba que nem tudo vem lá de fora, que há coisas que dentro do Benfica podem ser tidas como factores que levam a que não se ganhe nada.

Ontem, no pós jogo, as coisas apresentam-se globalmente desta maneira:
  1. O colocar a carne toda no assador acabou por sair bastante caro na conta final.
  2. Acabamos por sofrer dois golos (um em fora-de-jogo) devido a uma doença que se apoderou dos nossos jogadores nos últimos minutos: dormência física total (Que também remete para o nº 1 anterior!
  3. Quer jesus quer vieira têm agora reunidas as condições ideais para decidir o futuro do Benfica.
Depois temos a seguinte situação: Das duas uma certo? Temos dois factores dos quais ninguém pode discordar.
  • Qualidade técnica e táctica superiores do futebol praticado pela equipa.
  • Condição física tremendamente deficitária das equipas de jesus em todos os finais de época.
Ficam os gráficos desta época, tirem as vossas conclusões:
Se acrescentarmos a fogueira das vaidades que nasceu neste final de época (assim como tinha crescido em Fevereiro da época passada), se juntarmos a falta de pessoas carismáticas (com passado comprovadamente Benfiquista) no apoio total à equipa técnica, e por fim uma gestão interna com uma outra mentalidade na abordagem a todas as modalidades praticadas... O tal ponto A) não chega.

Como sair a ganhar deste novelo, quando já não sabemos onde está o início, o que está no meio é uma confusão daquelas, e se desconfia qual será o fim? Porventura, quer o presidente e o treinador, devem ter o seu quintal bem delimitado. 

Para a próxima época, se jesus ficar, ele vai ter de demonstrar ainda mais o que quer que tenha aprendido com os seus erros. Esta época já conseguiu proteger o onze inicial do cansaço físico até Abril... E acaba aí a amplitude de movimentos que ele possa ter. Será ele capaz? Em quatro anos... 

Para a próxima época, se jesus não ficar... Tenho dificuldades em encontrar alguém que esteja pronto a assumir o comando do futebol e que seja Português. Camacho e Trapattoni até fugiram no final de época pois... Fernando Santos foi vítima de si, do sistema e do Presidente. Quique Flores começou bem mas não foi protegido e... E se tivermos novo treinador, o Benfica tem de ter uma estrutura capaz de combater os poderes instalados. Combater de forma brutal, tal como em 2004-2005.

Rui vitória não me convenceu cabalmente no jogo de ontem: O guimarães esteve sempre à espera das sobras do Benfica; jesus ganhou-lhe na primeira leva das substituições... Um golo em fora-de-jogo e outro após um ressalto nas pernas de um jogador adversário não retiram o mérito da vitória de um grupo de homens que nunca atiraram a toalha ao chão, mas ofuscam o valor do mentor.

O gajo do paços... Teve uma prova de fogo na última jornada mas a coisa, por um motivo ou por outro, não funcionou. O do estoril? São todos muito novos, mas conhecem o Benfica e parecem ser inteligentes para saber com que linhas de cose o nosso futebol. O problema é que nesta batalha o Benfica é um porta-aviões de proporções gigantescas...

PS1: Um ponto contra jesus. Não compreendi muito bem o que ele falou na flash interview. Deu, de forma cabal, a ideia de que os jogadores não obedeceram às suas indicações e que recuaram no terreno por vontade própria. A última vez, que me lembre, de serem os jogadores a orientar a própria equipa foi em 1984 numa final da taça! E sabemos o que aconteceu com esse treinador... Jesus, com aquelas palavras, só me deu razão quando eu digo que ele tem tremendas parecenças com aquele pacóvio que nunca saiu da aldeia e um dia deu consigo próprio a conduzir um Ferrari ff... 
Para piorar as coisas e sendo Português, falta-lhe ter a mística do clube e os olhos do símbolo do clube. 

Um ponto a favor de jesus: Aquela história de o Fergusson não ter ganho muito nos primeiros anos em que treinou o man united. Não é grande consolo pois não?

PS2: É totalmente descabido alguém pensar que o Benfica se está a tornar no sporting. Que eu me lembre o nosso hipotético rival, para a próxima época, nunca teve três títulos para ganhar nos últimos três jogos de uma temporada...

PS3: Gostava de saber com quem falava vieira no final da partida. Espero que tenha estado a falar com Rui Costa... Já agora também gostava de saber como está a construção do novo estádio, e respectivos acessos, do At. de madrid senhor presidente.

PS4: Rasgar cartões de sócio? Vão mudar de clube? Então o Benfiquismo era relativo. Ainda tenho o meu cartão de sócio intacto e assim permanecerá.

Olhem que o Benfiquismo, que pode rimar com caciquismo, não acaba aqui. E Pluribus UNUM.

4 comentários:

  1. O que eu vou dizer não tem nada haver o que falou,mas em primeira mão o Vitor Pereira vai para Inglaterra é certo, hoje o pai de um futuro elemento da equipa técnica do Vitor Pereira telefonou ao meu pai e disse que ele ia suceder o Vilas Boas.

    ResponderEliminar
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  3. falta de respeito aqui no blogue é que é de evitar.

    A opinião é de cada um...

    ResponderEliminar
  4. sou mais um treinador de bancada... tenho sido um anti jj desde que chegou mas a verdade é que o benfica joga boa bola com ele (atés aos finais de época claro) e bastava um jogo (estoril ou porto) ter tido outro resultado que as contas finais podiam ter sido outras. a questão é dicidir: dar mais uma oportunidade ou mudar?
    eu que nem gosto dele estou tentado a dar uma última temporada.
    para o ano há mais, com ou sem ele, porque o benfica nunca irá acabar. pra sempre benfica.
    vito g.

    ResponderEliminar

Ok digam o que bem entenderem.
Depois eu vejo