terça-feira, 19 de setembro de 2017

Um Mito Desvendado

Aquela história da "Maldição de Guttmann" sempre me pareceu um Karma imposto pelas contingências do contexto futebolístico deste Portugal. Para quem é crente em superstições, foi algo que se foi tornando confortável na hora de vermos o Benfica a sair derrotado em finais europeias... Depois entranhou-se! Sem se ter a certeza se era real...
A história factual é a seguinte: Béla Guttmann chegou pela primeira vez ao Benfica na época de 1959/1960. Vinha do Porto com o título de Campeão. O presidente M.V. de Brito via no húngaro o homem ideal para levar o Benfica para outros voos. Assim dito assim feito: Em 3 épocas, O Benfica conquista 2 Campeonatos Nacionais, uma Taça de Portugal e... Duas Taças dos Campeões Europeus!
Perante tal formidável pecúlio, Guttmann sai do Benfica!

Parece que pediu mais dinheiro para renovar, a relação qualidade de trabalho versus resultados atingidos a isso leva mas o Benfica não aceitou e... São-lhe creditadas as seguintes afirmações; "Senor não mais ganhar taça dos campeões europeus e vou embora", e "Sem mim, nem em cem anos o Benfica vai conquistar outra taça europeia"! Até ao presente dia, há 2 factos inegáveis: 1º O Benfica, depois de 1961/1962, já atingiu 8 finais europeias e não venceu nenhuma. 2º Não há uma única prova de que essas afirmações sejam verdadeiras... Nem um recorte de jornal. Mas acredita-se que isso aconteceu...

A coisa foi rolando com o passar do tempo e tal como a mentira Calabote, pegou! E por mais que se diga que é mentira, muitos continuam a acreditar que é verdade, que é fado, fado do Benfica.

Tenho de recorrer ao trabalho de Alberto Miguéns do Glorioso Em Defesa do Benfica... 

Guttmann, o Benfica e a sua Mística:

"Chove? Tá frio? Faz calor? Que importa? Nem que o jogo seja no fim do mundo, entre as neves da serra, ou no meio das chamas do inferno, por terra, por mar ou pelo ar, eles aí vão, os adeptos do Benfica atrás da sua equipa... Grande, incomparável, extraordinária massa associativa".

Nota: Lançar uma maldição provém, diz-se, de um ódio inesgotável...

Guttmann saiu pela 1ª vez em 1962, tendo ido treinar o Penarol. A 6 de Abril de 1963, a 4 dias da 1ª mão da meia final da TCCE entre o Feyenoord e o Benfica, Guttmann passa por Lisboa e:
Confesso que para mim, isto seria o suficiente para dissipar quaisquer dúvidas sobre o gosto dele para com o Benfica... O que significa que não há... Maldição! Trazia um emblema do Benfica na lapela! O Benfica não precisa dele para ser campeão europeu???? Que raio de coisa para com quem lança maldições dizer sobre o amaldiçoado!

Será que Guttmann estava a ser cínico?

Ele passou ainda pelo Benfica em 1965/1966 mas a coisa não resultou (2º lugar no campeonato; 4ºs final da Taça). Uns anos depois, 3 de Agosto de 1974 (o Benfica tinha ficado em 2º lugar no Campeonato e era o finalista vencido da Taça), um já retirado Guttmann dá mais uma entrevista ao Jornal A Bola:
Enfim... "O Benfica ocupa 3 quartos do meu coração"! Toda esta entrevista revela o carácter de um Homem do Futebol. Sem ressentimentos! Que raio de bruxo este que ama um clube daquela maneira... 3/4...

Que raio de cabeça temos de ter para ainda comer estas mentiras caros Benfiquistas! Será que gostamos destas mentiras como caminho de fuga fácil na hora da derrota! "Calabote", "Maldição de Guttmann", "Túnel", "Colinho", "Vouchers", "Emails", "Bruxarias" e "padres/Missas"... Não conseguem ver que é tudo lérias?

Esta última entrevista é de 1974, após Guttmann ter estado no porto-clube. Até essa data, não há para já nada que prove que o húngaro tenha dito o que se diz que disse. Só com a ascensão do actual presidente desse clube condenado por corrupção, é que isso surgiu... Lembrem-se que cada vez que um Benfiquista pegar nesta ideia, só estará a propagar uma ideia que é uma mentira!

Que se consigam provas como esta, ou esta e cá estarei para voltar atrás.

Que o Benfica aproveite este trabalho fulcral de Alberto Miguéns para defender o clube. Já agora, também pode aproveitar esta deixa...
As coisas assim foram! Vender o cu por 5 tostões é fácil hoje em dia quando não somos auto-suficientes para vencer.

PS1: Em relação ao actual status quo do Benfica,  Rui Águas partilha a sua opinião numa pequena entrevista que passo a publicar:
Planeamento sustentável. Mais a frio e nas vésperas de mais uma partida a doer. Frio tal como era quase sempre letal na grande área, Rui Águas tem toda a sua razão.

De qualquer modo, não te deixes adormecer...
Acorda Benfica!

PS 2: Sobre as meias finais da TCCE de 1962/63 contra o Feyenoord, na 2ª mão o Benfica apurou-se para a final com esta exibição:
Que maravilha a velha Catedral a transbordar de Benfiquismo... Amanhã, quem lá conseguir ir, deverá sentir o mesmo e apoiar todos os elementos do Benfica.
E Pluribus UNUM!

3 comentários:

  1. Assim se dissipa qualquer dúvida.
    Até ao fim sempre Benfica
    Saudações gloriosas
    vito g.

    ResponderEliminar
  2. Parabéns por mais um excelente post
    Educativo sim senhor! obrigado
    SLB4EVER

    ResponderEliminar
  3. mas isso era tao simples era o proprio presidente desmentir isso em directo , num comunicado ,aproveitava ja agra esse comunicado para falar da vergonha da comincaçao social , que ainda ontem deu protagonismo a dois criminosos , continuava nesse comunicado e falava da vergonha do canelas subir por desistencia de outros clubes , dos livros do macaco , da vergonha do dolbeth , dos castigos que sao apenas uma espécie de castigo para o pessoal la do lumiar.

    ja agora aproveitava e com veermencia dizia que cartilhas todos os clubes teem , bastav ver quando foi o castigo do slimani ou a defesa do apito dourado , e os emails pergunatva porque os vendidos da com social nunca leram as partes q dizem q temos continuar neste caminho d tansparencia honestidade e muito trabalho... acredito que ai sim , ia elucidar e criar impacto nao so nos benfiquistas como nos media.

    ResponderEliminar

Ok digam o que bem entenderem.
Depois eu vejo