quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

2016-2017 15ªJ: SL Benfica 2 Rio Ave 0

Mais três pontos conquistados... Num jogo tremendamente complicado frente a um Rio Ave que veio jogar futebol com uma estratégia bem definida, e de certa forma leal com os conceitos do futebol, mas que contou com um aliado de peso no que diz respeito às coisas que nada são leais no desporto: O cumprimento das leis de jogo!
O Benfica sabia disso e fez uma primeira parte irrepreensível: Entrou a controlar a partida e tentou ser preciso na troca de bola e efectivo na anulação das tentativas de ataque dos vilacondenses. As constantes trocas posicionais de Cervi, Rafa e Guedes obrigaram o Rio Ave a defender mais atrás e com mais homens do que inicialmente tinham previsto o que libertou espaço a Pizzi  para este ser capaz de organizar o jogo atacante do Benfica.

Não foi surpresa nenhuma ver os encarnados na frente do marcador relativamente cedo (minuto 14).
As dificuldades do Rio Ave eram muitas e o resultado justo. Mas o Benfica abrandou e tentou gerir o jogo o que deu oportunidade ao Rio Ave de mostrar a sua intenção de jogo muito mais cedo do que estavam à espera: Transições rápidas através de passes longos para os flancos.

O jogo tornou-se mais repartido mas o Benfica nunca deu muito espaço nesta primeira metade voltando a impor-se por volta dos quarenta minutos... E acabando por estabelecer o resultado final ao minuto 42 depois de uma grande jogada de futebol colectiva concluída de forma sublime por Pizzi (grande simulação sobre o último defensor do Rio Ave):
Ao intervalo, o resultado era mais do que justo... O Benfica fez tudo bem e tinha parcialmente derrotado um adversário mais longo do que se podia ver: Rio Ave/trio de arbitragem/porto-sporting. Fantástico!

A segunda parte não me surpreendeu! O Rio Ave entrou declaradamente para tentar pelo menos empatar a partida e expandiu o seu jogo para fora da toca fazendo com que a partida tivesse mais qualidade porque estavam agora duas equipas a jogar para marcar golos de forma declarada. Duas equipas? Ou terão sido três (o rio Ave teve um defesa extra)?

O Benfica também mostrou a sua grande dificuldade actual e que deriva de algumas lesões e da pouca utilização de alguns jogadores. Vou tentar trocar por miúdos: Para a posição de organização de jogo ofensivo, RV só tem Pizzi disponível (Horta está no estaleiro)! Com tanta e excelente variedade ofensiva (Guedes, Rafa, Mitroglou, Jiménez e Jonas), a equipa necessita de os alimentar... O Problema é que Pizzi está já com muitos quilómetros nas pernas e depois de uma primeira parte muito intensa, na segunda a coisa foi perdendo fulgor: passes errados + opções erradas! O jogo ofensivo já não acontece de forma fluída... O cansaço obriga os jogadores mais avançados a recuar para ajudar a equipa a defender... Menos gente na frente equivale a menos jogo ofensivo, o que se traduz em menos oportunidades de golo.

As alterações de RV foram quase todas ofensivas. Talvez RV pense que refrescar o ataque é suficiente para manter o jogo ofensivo da equipa num patamar de qualidade superior. Mas mais uma vez se viu que não é! na segunda parte houve mais Rio Ave mas confesso que só nas bolas paradas é que tive receio... Mas nem aí! O Benfica foi relativamente sólido e acabou por triunfar de forma justa e honesta.

Os jogadores? Aqui vão as notas a doer...
Ederson 8: Sempre bem... Em tudo, mas mesmo tudo!
Nélson 6: Mais resguardado de atacar até porque Rafa não o ajudou muito a defender pelo que se manteve mais cauteloso
Luísão 7: Acontece... Mais um jogo com o capitão em campo sem sofrer golo
Lindelof 6: Ao nível do capitão mas um pouco distraído por vezes...
Almeida 6: O normal, total disponibilidade em ajudar mas as dificuldades inerentes a não ter pé esuqerdo
Fejsa 7: O normal... Nem necessita de correr muito
Pizzi 7: A nota é para mim injusta e vale pelo grande golo e pela meia assistência que fez a Mitroglou.
Claro que não é culpa dele o Benfica não ter neste momento uma alternativa para jogar no seu lugar... Pizzi acaba por ficar cansado mais depressa com o acumular de jogos consecutivos e a falta de clarividência foi notória na segunda parte.
Rafa 6: Mais apagado... Mas tanta porrada levou durante o tempo em que esteve em campo... Como pode um jogador apanhar tanto e ter uma exibição de qualidade? Mesmo assim, assitiu Pizzi no segundo golo e foi decisivo no lance do primeiro.
Cervi 6: Muito defensivo e outro que apanhou porrada que se fartou...
Gonçalo 7: Mais um apanhou porrada à fartazana! Mas correu que se fartou.
Mitroglou 6: Um golo e um jogo de esforço e dedicação à equipa,
é assim a vida de um avançado.

Os suplentes? Bem, as alterações só acrescentaram um pouco de frescura ofensiva ao Benfica. O problema, como já escrevi, é que o ataque da equipa não foi convenientemente alimentado na segunda parte:
Jonas 3: A alegria de o ver entrar na Catedral foi evidente mas nada de novo acrescentou ao jogo. Vai ser um grande reforço para a segunda metade da época... E uma grande dor de cabeça para RV.
Raul 2: Sempre disponível a ajudar a equipa.
Carrillo 1: Poucos minutos em campo.

O árbitro? Olhem... Foi uma operação cirúrgica colocar este traste a arbitrar o Benfica. Ele foi à Luz para tramar o Benfica... E o Benfica, conforme notei, sabia disso!

Mal soube que era ele a ir à Luz, fui ver o que tinha andado a fazer esta época:
Reparem que não teve grandes jogos até participar nos 0-4 do seu clube aos amigos do nacional... Deve-se ter portado bem porque foi a alvalade na jornada a seguir e como o sporting empatou... Parece que foi castigado com jogos na segunda liga até estar preparado para enfrentar o Benfica... Parece...

Este rui costa subtraiu intencionalmente duas oportunidades de golo ao Benfica na partida de ontem. A primeira logo ao minuto 8...
Inacreditável... O árbitro soube o que tinha acontecido mas cumpriu as ordens que trouxe: Prejudicar o Benfica ao máximo. Não assinalou nada. Minuto 48:
Ao minuto 57, calhou a fava ao capitão:
Pura malvadez. Mais uma vez cumpriu com as ordens que trouxe do porto clube já condenado por corrupção: Não assinalar nada. E tudo feito à descarada com já aconteceu na amoreira e na Madeira. Uma vergonha.

Foras de jogo mal assinalados:
Cantos transformados em pontapés de baliza para o Rio Ave e nem um cartão amarelo para tanto caceiteiro...
Se tivesse sido Pizzi a ter esta entrada, teria visto vermelho directo... Nem amarelo... Tal como nesta situação:
Uma vergonha, o que aliado a um grande Rio Ave (que também se apercebeu que poderia dar porrada à vontade), transformou a vitória do Benfica em algo de maior. E alguns dizem que mandamos nisto tudo... Claro que sim pois então!

Mas a palhaçada vai continuar caros leitores, pdac através do cão de fila dragões diário, mandou os seus amigos afastarem vasco sousa do panorama futebolístico português:
Isto é excelente e gravíssimo! Excelente porque iria significar o afastamento de um péssimo árbitro... Gravíssimo porque está a atentar contra a idoneidade profissional de um agente desportivo o que deve ser sancionado com suspensão e multa ou o que quer que seja... Coisa que nunca irá acontecer claro!

Agora os jogadores do Benfica poderão ir descansar a cabeça durante alguns dias, até porque para a semana e restante parte da época, as coisas vão ser piores... Aproveitem guerreiros!

Algumas fotografias importantes:
Somos os Primeiros
A meio da semana cerca de 51 mil almas na Catedral? Muito obrigado aos adeptos, nós somos a força motriz que ajuda os nosso jogadores a suplantar os grandes obstculos como estes dois que ontem foram à Luz.
Um feliz Natal e
E Pluribus UNUM

Sem comentários:

Publicar um comentário

Ok digam o que bem entenderem.
Depois eu vejo