segunda-feira, 11 de agosto de 2014

2014 2015 (STCO): SL Benfica 0 Rio Ave 0 (3-2 AGP)

E o Sport Lisboa e Benfica consegue um feito inédito para o futebol! Com a criação da Taça da Liga, passaram a ser quatro as provas nacionais a ser disputadas: Três em sistema de competição, mais esta de ontem em jogo único. Um Poker:

E o Benfica conseguiu vencer tudo (quatro) referente a um ano civil ou referente a uma época desportiva, se bem que a super Taça se dispute na época seguinte. Conseguiu mas teve de se colocar a jeito e sofrer de forma inesperada, para que o troféu viesse pela quinta vez para o nosso museu:
O jogo foi transmitido na rtp pelo que toda a gente o terá visto. Deste modo, esmiuçar uma partida cuja a história se resume ao Benfica, é irrelevante. Para que não se esqueçam, as únicas ocasiões que o rio-ave teve foram criadas e quase finalizadas por jogadores do Benfica: Artur e Jardel.

JJ escalou a equipa que lhe dava mais segurança.
Deste modo só se registaram duas entradas novas: Talisca e Eliseu! Modificou um pouco o esquema da época passada, dois avançados, o que terá tirado potencial de concretização a Lima mas que por outro lado deu mas amplitude ao meio-campo... O que é sempre necessário nestes início de época onde a afinação de harmonias é o mais importante.

Duas entradas novas mais umas quantas caras novas no banco. Depois do fiasco que foi a pré-época (não há como fugir disso), fiquei sempre com a sensação de que JJ quis tirar as dúvidas quanto a alguns jogadores. O universo adepto do Benfica estava em alvoroço pela catadupa de saídas e pelos resultados obtidos nos jogos de treino! Certo que se jogaram quatro jogos em cinco ou seis dias e que foram feitos contra equipas de topo de Inglaterra e até de frança... Mas o povo estava em alvoroço e eu também mas sem a intensidade de antes: Só vi dois jogos na pré-época.

Deste modo, e contando com a presença de centrais conhecido e com Enzo... Encarei a partida com muita confiança. O facto de o rio ave ter eliminado uns suecos não me fez perder o sono! A época passada mostrou um JJ mais abrangente e conciso no planeamento dos jogos e gestão do plantel, resultado: Muita glória nas conquistas e nas quase conquistas. Eu que sempre critiquei o seu modo de planeamento, estava ontem cheio de confiança.

E todo o jogo foi de sentido único. Fizemos, por vezes, gato-sapato dos jogadores do rio-ave. O público foi uma coisa absolutamente fantástica: Sempre a apoiar, a sofrer mas a apoiar de forma inequívoca!
Mas tivemos de ir para o desempate e aí qualquer um pode ganhar!

Mas foi o Benfica quem ganhou. E deixo agora a minha opinião sobre dois jogadores que refletem os locais onde ainda somo capazes de necessitar de sangue novo: Artur e Jardel.
Artur... Desconfio que ainda virá um guarda-redes. Certo que Artur acabou por ser o herói da partida mas a sua actuação pautou por grandes desequilíbrios. Quase no intervalo fez aquela finta mas teve a sorte de o avançado não ser o martini do porto (lembram-se?). Serve isto para dizer que mesmo assim, parece ser evidente a necessidade de o Benfica ter um Oblak... O tal que não sofria golos e que com a sua entrada deu estabilidade a toda a equipa! Não tiro o mérito a Artur pelo papel que teve na vitória de ontem mas...

Jardel... Não é Garay nem nunca será. Mas o brasileiro é um tipo honesto, sóbrio e profissional exemplar. Tendo estado na sombra de colegas tão ilustres e sendo o que é, ele evoluiu muito nos últimos anos. Neste caso, a vinda de outro central (talvez o Lisandro López que ainda não vi tocar na xixa), já não me parece uma questão de sobrevivência. Mas o tempo o dirá, aliás com Luisão e Jardel nada de importante se passou na rectaguarda da nossa equipa certo?
Umas palavras para Eliseu e Talisca... Se Sílvio ficar, temos o assunto de laterais relativamente fechado. Eliseu, agora mais entrosado, pareceu-me estar bem e com capacidade para evoluir mais. Talisca é um puto que anda ainda maravilhado com esta realidade nova: Jogar num gigante! Também ele parece que é mas o caminho até lá chegar ainda é longo... Que o diga o Tiago (Bebé) que também parecia (foi para o Man United) mas ainda parece e espero que assuma o seu destino esta época!

Quanto a duarte gomes... Dois penáltis? Talvez... Sim... Mas é habitual certo? Quase que passa despercebido!

Mais uma vitória e a coisa, para que as contas estejam bem feitas, está agora assim:
Grande ano este 2014! O Benfica vergou muito inimigo... Superou muitas expectativas... Até deu para partir uma super taça e ganhar outra de seguida...

PS1: O Presidente do Benfica vai dar uma entrevista brevemente, dia 14 se não estou enganado. O clima está desanuviado com esta conquista mas há questões que necessitam de esclarecimento:
  1. O que se passou para que o Benfica, pelo que me parece, estar a fugir do bes? Eu tenho muitas pistas que até já foram aqui escritas no ano passado (a última publicação até foi há pouco tempo) mas são os detalhes que devem ser hilariantes.
  2. Para quando o divórcio com mendes de seu primeiro nome jorge? Que desatou a agenciar jogadores da formação para os levar para longe em seguida? Terá esta segunda questão mutio a ver com a primeira?
Há outras questões, mas entram no foro mais pessoal do presidente. O clima está desanuviado mas a guerrilha continua no seio dos adeptos. Urge que quem gere o Benfica seja capaz de unificar o universo de adeptos. Não se pode continuar a ser um clube unido durante o tempo que dura uma partida de futebol ou de futsal... Há quem seja vieirista, quem seja abutre e quem se esteja a marimbar.

Para mim é importante sentir que estou informado. Aguardo!

PS2: Porque é que pessoas como Alberto Miguéns, José Carlos Soares, António Melo, Leonor Pinhão e Ricardo de Araújo Pereira... Não estão prestes a ser contratados para a Benfica TV? Já repararam como o índice de Benfiquismo rebentaria com a escala?

A questão também poderia ser colocada ao contrário: Porque é que eles não estão lá, sabendo toda a gente do seu valor? Mas isto já é ser abutre digo eu...
E Pluribus UNUM

1 comentário:

  1. Olá Olá
    O começo de uma nova temporada e pimba um troféu... mas travão que um campeonato é longo.
    Sobre o Artur e Jardel: o primeiro é uma desgraça é sinónimo de muitos pontos perdidos. o segundo serve (mais ou menos) para rio aves mas nunca para champions por isso decidam-se (direção).
    bes, jorge mendes, aguardamos a ver se é novela
    obrigado e bom regresso
    vito g.

    ResponderEliminar

Ok digam o que bem entenderem.
Depois eu vejo