quinta-feira, 18 de junho de 2020

Rio Ave - Benfica. Uma Vitória...

E à terceira aparição, nesta época algo anémica, o Benfica conquistou os três pontos mas ficou ainda atrás do clube do norte...
O que vi através do ecrã? Vi um Benfica, ainda sem nexo que foi superior ao adversário, a sofrer para tentar vencer. Vi um grupo de jogadores a tentar minimizar erros atrás de erros, em partidas anteriores, de modo a apanhar a benesse dada pelo actual líder do campeonato. Vi o treinador agarrado a um processo de jogo que nada favorece as características do grupo de trabalho.

Também vi querer, o que é importante mas esse querer só levou de vencida uma equipa reduzida a nove jogadores. É pouco para o Benfica, muito pouco.

Onde anda o esquema que tanto deu ao clube a época passada? 2 médios + 2 alas + 2 avançados...
Alguns nomes saíram mas não todos... 60 milhões...

É fácil falar do sofá e eu próprio teci duras críticas a alguns jogadores em lances fáceis que se complicam quando parece que eles sentem que estão num filme de acção de Hollywood. Mas a verdade é que não é fácil estar ali dentro.

Tomás e Nuno, é bom ver-vos a jogar mas terão de dar um salto maior do que aquele que estão a... Dar! Onde anda Rafa? E Rúben, precisas ainda de aprender muito e querer ainda mais mas continua que o teu parceiro parece estar a desiludir-me...
A arbitragem de L. Godinho?

Bem, fiquei com a pulga atrás da orelha no lance do golo dos Vilacondenses... De facto, Sousa é agarrado pelo que o VAR poderia ter assinalado falta o que iria invalidar o golo.
O lance do golo de Rafa entra num prisma mais denso: Se Sousa tivesse tocado na bola, Rafa estaria em fora de jogo; Se Sousa pela sua movimentação, está aparentemente em fora de jogo por 17 cm, iludiu o marcador... Enfim, 17 cm...

As expulsões? Nada a dizer pois a primeira por acumulação é evitável por parte do jogador. A segunda até me doeu porque o Nuno é dos nossos mas aquele pontapé... Nada a fazer.

E após a primeira, o Benfica empatou. Após a segunda, o Benfica conseguiu colocar-se em vantagem. Podemos falar, escrever o que quisermos mas neste momento em que o futebol é parco em qualidade, o Benfica conseguiu chegar-se ao CJCPC. Isso era importante e teremos de aguardar por nova benesse da parte deles.

Fica o resumo:
E resta aguardar pelo próximo momento em que nos vamos colar à televisão num lugar qualquer para ver o Benfica. E esperar que os funcionalismos estejam melhor do que estão neste momento.

E PLURIBUS UNUM!
Vila do Conde sempre foi difícil... E as bancadas cheias.... De Benfiquismo!

Sem comentários:

Publicar um comentário

Ok digam o que bem entenderem.
Depois eu vejo